Clever Web

Blog

Inbound Marketing para novos empreendedores: como alavancar seus negócios

Inbound Marketing para novos empreendedores: como alavancar seus negócios

Por Mauro Lacerda | Marketing de Conteúdo | 80 Views

Impulsionar os resultados positivos das empresas é um objetivo frequente e que pode ser alcançado com o Inbound Marketing, independente da maturidade da empresa. 

Especialmente aquelas que estão começando podem se beneficiar com essa concepção do marketing, que está focada em atrair e encantar os clientes e potenciais clientes, e por isso também é chamada de Marketing de Atração.

Ao contrário das ações de marketing tradicionais, o Inbound Marketing visa uma conexão  com o público. Isso é possível por meio do Marketing de Conteúdo, técnicas de otimização para mecanismos de buscas (o chamado SEO) e ações nas redes sociais.

O marketing tradicional sempre se baseou nas interrupções para a demonstração de produtos ou serviços. Mas hoje a internet possibilita maior poder de escolha, e as empresas precisaram se adaptar às preferências do público para conquistar e manter os seus clientes.

O Inbound Marketing é uma das principais estratégias para isso,  além de ser capaz de agregar excelentes resultados para as empresas que estão iniciando nos negócios, independente do segmento de atuação.

O que é Inbound Marketing?

O Inbound Marketing pode ser definido como um conjunto de práticas de marketing que se baseiam na criação de conteúdo voltado para um público-alvo definido, com o objetivo de conquistar a comunicação com o potencial cliente.

Quando bem executado, o Inbound Marketing possibilita a criação de um relacionamento duradouro entre ambas as partes. 

Em uma era em que a maioria das pessoas pesquisa na internet antes de realizar qualquer compra, ferramentas do Inbound Marketing podem ser úteis para todos os tipos de negócios, como um despachante CNH suspensa, por exemplo.

A diferença é que, ao investir no Marketing da Atração, a empresa conta com maneiras para conquistar o potencial cliente no momento em que ele achar mais adequado. 

Quando uma pessoa pesquisar sobre o assunto, ela pode encontrar o site da empresa. Se ficar satisfeita com as informações e imagem obtidas, aumentam as chances de conversão e, consequentemente, negócios.

Portanto, as ações são planejadas para que os clientes venham até a empresa. Ainda seguindo o exemplo do despachante, os visitantes são atraídos pela mensagem ou serviço que o empreendimento tem a oferecer, como a necessidade de documentação blindagem veicular, que pode ter sido abordada em artigos no blog da empresa.

Por isso, pode-se dizer que o Inbound Marketing torna mais fácil a aquisição de novos clientes, já que facilita a popularização do negócio, ao mesmo tempo em que contribui para boas experiências com as marcas.

Benefícios do Inbound Marketing

Para ter certeza de que vale a pena investir em Inbound Marketing, é importante repassar os oito principais benefícios que as ações de Inbound Marketing possibilitam, que são:

  • Alcance de um público maior e qualificado, no momento certo;
  • Aproximação do público, disponibilizando mais informações sobre a empresa;
  • Maior poder de persuasão, com o ganho de autoridade online;
  • Ciclo de vendas mais curto, antecipando as decisões de compra;
  • Diminuição dos custos com anúncios para aquisição de novos clientes;
  • Tendência ao aumento do ticket médio gasto pelos consumidores;
  • Possibilidade de mensuração dos resultados em tempo real.

Com relação à última vantagem, trata-se de um grande ponto de destaque na diferença entre Inbound Marketing e Outbound Marketing. 

Isso, porque no segundo a mensuração de resultados é bastante incerta, já que as ações estão baseadas em anúncios tradicionais, veiculados na televisão, ou em jornais, revistas, rádios, etc.

Quando uma raspadora de tacos, por exemplo, investe em ações de Inbound Marketing nas redes sociais, além de aumentar as oportunidades de negócios também pode ter certeza sobre o retorno no investimento. 

Isso não é possível em mídias tradicionais, que geralmente não permitem saber quantas pessoas visualizaram ou foram convencidas pelo anúncio da empresa.

Processo do Inbound Marketing

O Inbound Marketing atua com base em quatro etapas: a atração, a conversão, a venda e o encantamento dos consumidores. Elas fazem com que as ações sejam eficientes e úteis para as empresas.

Atração

A primeira etapa da metodologia Inbound é atrair tráfego qualificado para os canais digitais das empresas. O objetivo é fazer com que estranhos se tornem visitantes do site ou rede social de uma empresa especializada em digitalização 3D peças, para exemplificar. 

Conversão

Ao conseguir uma grande quantidade de visitantes, a empresa consegue converter o máximo deles em leads. Os leads são potenciais clientes, pessoas que têm interesse no negócio a ponto de serem consideradas oportunidades reais de vendas.

Venda

Os leads precisam ser nutridos com conteúdos informativos relevantes, independente do estágio da jornada de compras em que eles se encontram. Por isso, é importante que as empresas invistam em materiais para conduzir os potenciais clientes desde o contato inicial até a finalização da venda.

Encantamento

Ao contrário do que pensam equivocadamente muitos empreendedores iniciantes, a relação com o consumidor não termina após a venda. Com a compra de um produto ou serviço, como uma cirurgia dentaria gengiva, por exemplo, o empreendimento inicia uma nova jornada, com o objetivo de encantar o cliente para a fidelização.

Como fazer Inbound Marketing

Para investir em ações de Inbound Marketing, não basta entender os processos, é importante compreender como deve ser a aplicação de cada etapa, conhecendo as estratégias envolvidas.

1. Atração

Os canais digitais facilitam a atração de pessoas que realmente têm interesse nos negócios, com o chamado tráfego qualificado, que tem mais chances de resultar em vendas.

Isso é feito principalmente com conteúdo de qualidade, relevante e interessante para o público alvo, por meio dos seguintes canais:

  • Site para a venda do produto ou serviço;
  • Blog para a publicação de conteúdos;
  • Marketing de conteúdos, atraindo e encantando pelos materiais;
  • SEO, facilitando o acesso em mecanismos de buscas;
  • Mídias sociais, espalhando o conteúdo e fortalecendo a marca.

2. Conversão

Depois de atrair pessoas para acompanhar uma academia nas redes sociais em busca de informações sobre treinamento funcional para terceira idade, por exemplo, é hora de convertê-las em leads.

Isso é resultado de ações para estreitar o relacionamento com o público, com conteúdos mais persuasivos, principalmente por meio de:

  • Landing pages, convencendo visitantes a trocar dados por conteúdos especiais;
  • Formulários ligados à landing pages, para preenchimento com e-mail principalmente;
  • CTA, Call to Action, convite direto a uma ação ou oferta;
  • CRM, software com informações dos contatos para nutrição de leads;
  • CRO, otimização da taxa de conversão, aumentando oportunidades de vendas.

3. Venda

Em seguida, é preciso transformar os leads em clientes, o que costuma exigir mais conhecimento sobre o público da empresa. As ferramentas de marketing e vendas são essenciais para garantir a personalização adequada nesta etapa do processo, com:

  • Automação de marketing, mantendo a proximidade nas relações;
  • Email marketing, ótima ferramenta para estimular o interesse dos leads;
  • Nutrição de leads, conduzindo-os pela jornada de compra;
  • Lead scoring, estágio em que leads se encontram na jornada.

4. Encantamento

Quando a venda é fechada, significa que o grande objetivo de todas as estratégias de marketing foi alcançado. 

Outra boa notícia é que o empreendimento, que pode ser um fabricante de gerador silencioso a diesel, por exemplo, tem a oportunidade de transformar o novo consumidor em um cliente fiel e promotor da marca.

Isso é possível com um serviço de pós-venda impecável, mantendo os clientes satisfeitos. Assim, além de repetir as compras, estando menos suscetíveis a concorrentes, pode ser que eles recomendem a experiência para outros.

Uma dica valiosa é manter o relacionamento ativo, enviando mensagens aos clientes, desde que tenham conteúdos relevantes, seja pelas redes sociais ou por newsletters. 

Os conteúdos específicos para as necessidades dos consumidores valorizam os negócios, mesmo após a venda de de laudo inspeção veicular, exemplificando.

5. Mensuração dos resultados

No Marketing Digital é possível aproveitar a vantagem que a realização de testes proporciona. 

As equipes responsáveis pelas ações podem acompanhar os resultados e fazer os ajustes necessários para que as ações de Inbound Marketing alcancem o máximo de pessoas possível, com qualidade e eficiência.

Para isso, contam com métricas, indicadores e medidores específicos que em conjunto com os softwares possibilitam uma evolução estratégica mais fácil, precisa e barata dos negócios.

Entretanto, isso depende da dedicação de profissionais especializados, com os conhecimentos técnicos necessários para o planejamento e execução de boas ações de Inbound Marketing. Assim, as ações são adequadas para a empresa, independente do setor em que ela atua e das suas dimensões.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.