Clever Web

Blog

Por que automatizar o envio de e-mails do seu negócio?

Por que automatizar o envio de e-mails do seu negócio?

Por Mauro Lacerda | Marketing Digital | 44 Views

A automatização tem grande visibilidade no mercado, principalmente ao considerar o potencial que o recurso apresenta para tornar processos antes manuais em algo mais prático. Isso não seria diferente ao se tratar do envio de e-mails.

Por meio de recursos tecnológicos, como softwares específicos para essa finalidade, é possível tornar essa forma de comunicação ainda mais eficaz, seja no relacionamento com os clientes por meio do e-mail marketing e até mesmo na comunicação interna.

A partir da automação, parâmetros são estabelecidos para que o conteúdo seja disparado com maior rapidez, devido aos recursos tecnológicos. 

Todavia, antes de conhecer mais aspectos da automação, é interessante avaliar o que essa mudança pode proporcionar para a empresa. Figuram entre as vantagens:

  • Mais produtividade;
  • Estratégias favorecidas;
  • Facilidade de segmentação.

1. Produtividade

Seja para um empreendimento que fabrica grade de ferro para porta, assim como para qualquer outro setor, a automatização pode ser implantada em diferentes áreas que serão beneficiadas.

Os colaboradores podem se aperfeiçoar e se favorecer de maneira significativa com essa forma de comunicação por causa da agilidade proporcionada para enviar, organizar e acessar dados.

Para compreender melhor isso, basta imaginar uma empresa que realiza a instalação de grupo de geradores que, ao apostar na automação, também envolverá os processos de comunicação interna. 

Já em outro cenário, como em um empreendimento que tem o e-mail marketing como uma tática comercial. Nessa situação, a adesão a um sistema automatizado permite que mais mensagens sejam enviadas em um menor tempo.

Além disso, contar com essa ferramenta garante a qualidade dos conteúdos e serviços; como nos e-mails para clientes em potencial de uma empresa que atua com venda de nobreak.

Dessa maneira, é possível dizer que com a ferramenta certa, a produtividade é potencializa de um modo geral.

2. Favorece estratégias de marketing

Uma das principais ferramentas do marketing digital é o e-mail marketing, que se destaca por viabilizar uma comunicação direta entre empresas e consumidores.

Por essa razão, ao longo do texto será possível notar a ênfase nesta relação, uma vez que a automação é uma solução empregada para viabilizar maior eficácia nas estratégias, principalmente quando há uma demanda maior a ser atendida.

Ainda mais, por meio da automação, conforme será abordado a seguir, é possível segmentar com mais eficiência os contatos, ao mesmo tempo em que o conteúdo é personalizado.

3. Segmentação de listas

A segmentação é de grande importância, principalmente ao considerar a versatilidade da ferramenta. 

Nesse contexto, uma empresa que efetua a locação de espaço comercial pode aplicar essa ferramenta para enviar promoções e novidades.

No entanto, para garantir a eficácia, os conteúdos não podem ser enviados sem adotar determinados parâmetros e filtros.

No caso do e-mail marketing, o filtro pode ser os interesses do consumidor, conhecimento sobre a empresa e serviços, assim como o quanto está perto da concretização da compra.

Em outras formas de contato por e-mail, a criação e segmentação de listas pode tornar mais rápido o processo de envio de mensagens para setores distintos de uma corporação ou comunicados para parceiros.

Dicas para a automação de e-mails

Por mais que o modo de aplicar as ferramentas possam variar de acordo com as particularidades de cada empresa, existem algumas dicas que podem ser adotadas para viabilizar um processo mais eficaz de automação. Confira a seguir:

1. Organização

A organização deve ser uma prioridade em qualquer atividade realizada nas empresas, principalmente quando se leva em consideração que a ausência pode proporcionar confusão e prejuízos severos.

Não seria diferente ao se tratar da automação de e-mails. Assim, um dos primeiros passos é assegurar que todos os contatos estejam devidamente centralizados no software, com uma segmentação compatível com as exigências da empresa.

Também é válido citar que não basta reunir os contatos, é preciso conhecer adequadamente o público, afinal, é o que garante uma atuação mais assertiva.

2. Captação de leads

Essa etapa é de grande importância quando se trata da automação do e-mail marketing, pois os leads são os clientes em potencial que - em algum ponto - expressam interesse pela empresa e a captação de dados viabiliza a criação da base de e-mails.

A obtenção das informações ocorre por meio do oferecimento de conteúdos valiosos. Uma empresa que realiza treinamento de NR 12, por exemplo, pode elaborar um e-book sobre o tema e disponibilizar para download gratuito.

Já para uma automação voltada para processos internos e outras formas de contato, as configurações de formulários e demais recursos pode atender apenas a finalidade de adicionar novos dados.

3. Mensagens personalizadas

A personalização deve ser priorizada. Isso significa que ela deve ocorrer, principalmente, ao se tratar da elaboração de conteúdo e integração de informações para que a empresa estabeleça os formatos mais viáveis para envio.

Entre alguns dados que podem contribuir com a personalização dos conteúdos, estão:

  • Nome da empresa;
  • Nome do contato;
  • Conteúdo compatível com os interesses;
  • Oferecimento de descontos.

No marketing digital, a personalização de conteúdos no e-mail marketing potencializa as chances de conversão, da mesma forma que contribui com as chances de fidelização por viabilizar o cultivo da relação com os clientes.

Já ao se tratar de outras maneiras de comunicação, o relacionamento também pode se tornar mais próximo e, consequentemente, mais produtivo.

Como escolher a melhor ferramenta?

Conforme apresentado, a automação pode representar benefícios significativos para as empresas.

No entanto, a partir do momento que se torna uma opção, é preciso buscar por ferramentas adequadas.

Em meio aos fatores que devem ser considerados para uma escolha que favoreça a corporação como um todo, é possível citar:

Tipos de segmentação

De acordo com informações apresentadas, a segmentação tem um papel indispensável, o que reforça a necessidade de avaliar as possibilidades associadas a esse fator ao selecionar uma ferramenta.

Quantos grupos podem ser criados para o disparo de mensagens? É uma das perguntas que devem ser realizadas ao buscar uma ferramenta de automação, em especial, devido a versatilidade que o e-mail apresenta.

Ao se tratar do e-mail marketing, os cuidados devem ser redobrados devido ao potencial que a segmentação oferece para um direcionamento mais adequado das mensagens.

Isso torna possível oferecer conteúdos importantes, o que é uma tática comercial de grande visibilidade.

Contudo, vale destacar que não basta que sejam úteis, uma vez que há a necessidade de apresentá-los no momento mais adequado.

Recursos para personalização

Também já abordada, a personalização viabiliza um contato mais próximo da empresa com o leitor e pode causar um impacto positivo assim que o e-mail é aberto.

Sendo assim, as possibilidades de personalização são indispensáveis para grande parte das corporações, afinal, um empreendimento que atua com a manutenção de empilhadeira apresenta necessidades distintas de outros segmentos.

É uma questão que se enquadra em qualquer tipo de área do mercado, afinal, as particularidades de cada setor devem ser atendidas.

Ainda mais, há recursos que permitem que as mensagens sejam personalizadas de acordo com a faixa etária, sexo ou até mesmo a localização dos contatos.

De qualquer forma, há possibilidade de realizar testes A/B, ou seja, entre duas opções, para identificar quais são os métodos que apresentam um melhor resultado. A partir desse ponto, é possível empregá-lo com a ferramenta.

Suporte oferecido

Assim como em outros softwares de automação, é indispensável ter cautela com o tipo de suporte oferecido pela empresa responsável.

Ao se deparar com falhas, seja um empreendimento de laudo cautelar veicular ou qualquer outro, existe a urgência de solucioná-las da melhor forma possível e rapidamente. Afinal, é uma interface importante para viabilizar o envio do conteúdo.

Nesse cenário, caso ocorra algum problema, contar com uma equipe especializada pode fazer toda a diferença, principalmente para evitar prejuízos.

A identificação de processos que precisam de automação

Além dos e-mails, a automação pode ser favorável em outras áreas da empresa, principalmente quando se trata de outras estratégias de marketing e da gestão.

Nesse contexto também se torna interessante averiguar qual é o grau de automação, especialmente para que exista um alinhamento adequado em relação ao esforço dos colaboradores.

Isso porque, hoje em dia existem sistemas variados e que viabilizam até mesmo a integração de áreas distintas da corporação.

Sendo assim, identificar a melhor maneira para realizar o investimento e, principalmente, o momento certo para isso é decisivo para evitar prejuízos e garantir que a automação, de fato, seja benéfica.

Entre os aspectos que devem ser avaliados, é possível citar:

  • Demanda;
  • Margem de erros;
  • Tempo investido;
  • Possibilidade de reduzir despesas.

Por exemplo, em um laboratório que realiza exame toxicológico demissional, recursos tecnológicos para uma maior precisão e agilidade nos resultados podem ser aplicados, o que tem grandes chances de exigir treinamento para o uso adequado do sistema.

Portanto, o mapeamento de processos deve ser cauteloso, uma vez que garante a identificação de oportunidades de uma forma mais eficaz.

É válido ainda abordar que esses cuidados são necessários para contribuir com mudanças gradativas e favorecer a adaptação, o que também tem relação com as ferramentas de automação de e-mail empregadas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.